A Festa da Exaltação da Santa Cruz, que celebramos hoje, 14 de setembro, é a Festa da Exaltação do Cristo vencedor. Para nós cristãos, a cruz é o maior símbolo de nossa fé, cujos traços nós nos persignamos desde o início do dia, quando levantamos, até o fim da noite ao deitarmos. Quando somos apresentados à comunidade cristã, na cerimônia batismal, o primeiro sinal de acolhida é o sinal da cruz traçado em nossa fronte pelo padre, pais e padrinhos, sinalando-nos para sempre com Cristo.A Cruz recorda o Cristo crucificado, o seu sacrifício, o seu martírio que nos trouxe a salvação. Assim sendo, a Igreja há muito tempo passou a celebrar, exaltar e venerar a Cruz, inclusive como símbolo da árvore da vida que se contrapõe à árvore do pecado no paraíso, quando a serpente do paraíso trouxe a morte, a infelicidade a este mundo, incitando os pais a provarem o fruto da árvore proibida. (Gn 3,17-19)No deserto, a serpente também provocou a morte dos filhos de Israel, que reclamavam contra Deus e contra Moisés (Nm 21,4-6). Arrependendo-se do seu pecado, o povo pediu a Moisés que intercedesse junto ao Senhor para livrá-los das serpentes. Assim, o Senhor, com sua bondade infinita, ordenou a Moisés que erguesse no centro do acampamento um poste de madeira com uma serpente de bronze pendurada no alto, dizendo que todo aquele que dirigisse seu olhar para a serpente de bronze se curaria. (Nm 21,8-9)Esses símbolos do passado, muito conhecidos pelo povo (serpente, árvore, pecado, morte), nos dizem que na Festa da Exaltação da Santa Cruz, no lugar da serpente de bronze pendurado no alto de um poste de madeira, encontramos o próprio Jesus levantado no lenho da Cruz. Se o pecado e a morte tiveram sua entrada neste mundo através do demônio (serpente do paraíso) e do deserto, a bênção, a salvação e a vida eterna vêm do Cristo levantado no alto da Cruz, de onde Ele atrai para si os olhares de toda a humanidade. Assim, a Igreja canta na Liturgia Eucarística de Festa: “Santa Cruz adorável, de onde a vida brotou, nós, por Ti redimidos, te cantamos louvor!” A Cruz não é uma divindade, um ídolo feito de madeira, barro ou bronze, mas sim, santa e sagrada, onde pendeu o Salvador do mundo. Traçando o sinal da cruz em nossa fronte, a todo o momento nós louvamos e bendizemos a Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo, agradecendo o tão grande bem e amor que, pela CRUZ, o Senhor continua a derramar sobre nós.

Views: 1155

Comment by Missionário Fernando Fagundes on September 14, 2011 at 7:46am
Texto: I Coríntios 1:18-31

Introdução: Ilustração: Era uma vez uma menina que usava sempre uma cruz brilhante, ao redor do pescoço, que orgulhosamente exibia para todos verem. Um dia, ela foi abordada por um homem que lhe disse: "Menina, você não sabe que Jesus morreu em uma cruz que não era bonita como a que você está usando? Era uma coisa feia, de madeira. "A menina esperta respondeu:" Sim, eu sei. Mas você não sabe que o que Jesus toca, muda?"

Paulo escreveu esta primeira carta a igreja em Corinto para corrigir muitos problemas que tinha surgido entre eles.
Divisão, orgulho, imoralidade sexual e irmão processando o outro eram apenas alguns dos problemas que Paulo aborda.
Paulo procurou corrigir esses problemas, dirigindo a atenção deles para a cruz. Dirigiu-lhes que "a mensagem da cruz", é o poder de Deus.
A palavra grega que no verso 18 é logos, que significa "palavra". Embora algumas versões traduzam "pregação da cruz" é traduzido mais precisamente "a palavra ou a mensagem da cruz"
Paulo muitas vezes mudou seu estilo de pregação. (1 Coríntios 9:22) Mas ele nunca mudou sua mensagem. (Gálatas 1:8) Há apenas uma mensagem. (1 Coríntios 2:2)

I. A Loucura da cruz
A. A "sabedoria" do homem procura Deus conforme a sua imagem. I Coríntios 1:22a
1. Os judeus perderam a mensagem da cruz, porque eles estavam procurando por um rei terreno. João 1:11
2. Muitos hoje perdem a mensagem da cruz, porque eles tentam fazer com que Deus se encaixe em sua imagem.
B. A "sabedoria" do homem pretende complicar a mensagem da cruz. 1 Coríntios 1:22b
1. A simplicidade do evangelho foi corrompido pela sabedoria do homem.
2. Atos 17:21
C. A "sabedoria" do homem falha quando confrontado com a cruz. 1 Coríntios 23-25

II. O poder da Cruz
A. Ilustração: Um pastor conhecido estava viajando pela Austrália, ele deu o seguinte conselho sobre os seus esforços evangelísticos: "Não diga às pessoas sobre a cruz, não funciona. É por isso que tantos esforços evangelísticos falham, eles focam muito na cruz. Basta dizer-lhes que Deus os ama e tem um plano para eles, continuou, "A mensagem de um judeu crucificado é ridículo para a mente moderna... Então, passe para algo melhor. Um Messias crucificado é estúpido, mas prometer-lhes a prosperidade, dar-lhes experiências emocionais, dar-lhes autoestima, você vai encher os bancos da igreja”
1. Sem a cruz, a bíblia é apenas mais um livro de “pura” história.
2. Sem a cruz, o cristianismo não é mais que um seminário de autoajuda.
B. Foi na cruz que Deus mostrou seu poder e sabedoria. Romanos 1:16
C. A obra de Cristo na cruz é o instrumento da nossa salvação. 1 Coríntios 1:30, João 3:16-17

Conclusão: O mundo diz:
• Não é racional acreditar que uma virgem pode dar à luz uma criança.
• Não é racional que um Deus todo-poderoso deixou sua casa no céu para se tornar humano.
• Não é racional que Deus iria permitir que o Seu Filho sofresse a vergonha, desprezo e morte de cruz.
• Não é racional um homem que foi morto e enterrado por três dias voltar à vida.
Todas as coisas nesta vida mudam, há uma que ainda está "inviolável" Você não pode mudar Jesus Cristo. "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente" Hebreus 13:8

A Mensagem da Cruz diz:
"Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer. Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” Romanos 5:6-8

Comment

You need to be a member of Vincentian History Research Network to add comments!

Join Vincentian History Research Network

© 2017   Created by Brian Cicirello.   Powered by

Badges  |  Report an Issue  |  Terms of Service